Cheia pode isolar maior cemitério público de Porto Velho

A Defesa Civil do município de Porto Velho trabalha com informações de que a cheia do Rio Madeira, com dois metros acima do recorde registrado há 17 anos, pode causar transtornos ainda maiores a toda população da cidade nas próximas semanas.O igarapé Bate Estacas transbordou e inundou trecho da Estrada de Santo Antônio, que dá acesso ao maior cemitério público.

A Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) iniciou estudos no cemitério dos Inocentes, no Centro da Cidade, para verificar a abertura de novas sepulturas, caso haja total isolamento do Santo Antônio.

De acordo com o secretário da pasta, Ricardo Fávaro, as vagas no Inocentes são limitadas e a prefeitura pode abrir um processo para que os enterros sejam realizados nos cemitérios privados de Porto Velho.

Fonte: RONDONIAGORA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *