Cimento do Peru chega a Rio Branco

Levando em conta a situação de emergência no Estado decretada pelo governador Tião Viana no fim de fevereiro, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta sexta, 21, no Diário Oficial da União, a resolução de número 4.289, que concede autorização para o transporte de mercadorias oriundas do Peru.

Devendo se estender durante 90 dias, a medida visa evitar o desabastecimento do Acre, que está isolado do restante do país por terra, devido à cheia do Rio Madeira, em Rondônia.

Também na manhã desta sexta, empresários do ramo da construção civil receberam cimento vindo da fábrica Yura, de Arequipa, no Peru. O descarregamento dos produtos é feito em Iñapari.

Segundo o empresário Márcio Rebouças, o preço do cimento nacional era de R$31 a saca, mas com o fechamento da BR-364 o valor subiu para R$40. “Pensando em baratear o produto no Acre, estamos fazendo um esforço e, graças ao apoio do governo do Estado, estamos importando cimento do Peru e vendendo um produto de qualidade a R$28 a saca”, destacou.

Entre as empresas listadas pela ANTT estão a Acre Serviços de Limpeza, Amazônia Transporte, Agroboi Importação e Exportação, Acre Madeira & Energia Alternativa, Adinn Construção e Pavimentação e Aba Comércio de Materiais de Construção e Transporte.

Agência de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *