Construção da orla do bairro 15 cria impasse governo e comerciantes

Mesmo sem data para o início da obra, revitalização da orla do mercado do bairro 15 causas polêmica entre moradores e comerciantes da comunidade, a deputada Wanda Milani, solidariedade, alocou quase r$ 20 milhões de reais para conter o desbarrancamento do rio. O vereador Mamed Dankar, do (PROS), esteve reunido com os comerciantes e prometeu abrir um diálogo com a SEINFRA.

No início do século passado o comercio no bairro 15 era fomentado pelo grande movimento de embarcações que atracavam num porto improvisado nas imediações do mercado, foi assim até meados da década de 80 quando o barranco começou a desmoronar levando mais de 15 estabelecimentos comerciais. Moradora antiga do bairro a deputada federal, Wanda Milani, solidariedade, disponibilizou r$ 18 milhões de reais de emenda impositiva para recuperar a orla.

Uma equipe da SEINFRA esteve no local fazendo o levantamento social e marcou os imóveis que serão demolidos, o problema é que ninguém quer deixar suas casas e mudar de endereço, Paulo Holanda possui uma oficina que concerta motor de popa há mais de 30 anos, está preocupado com a possibilidade de ter que abandonar o ponto.

A situação da luzia e do marido não é diferente o casal é proprietário de uma autopeça de motor de popa e estacionário há 40 anos, sempre sobreviveu da atividade e agora corre o risco de perder tudo por conta da obra que é essencial para a existência da rua Boulevard Augusto Monteiro, a família está aflita até por que o valor pago na indenização é muito inferior ao valor de mercado.

O vereador Mamed Dankar esteve reunido com o secretário ítalo da SEINFRA abrindo um diálogo no sentido que o governo escute os moradores, porém, ressalta que a obra é vital na revitalização do bairro 15.

Reportagem/ Ronaldo Guerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *