Egípcio-Libanês acusado de contrabando de pessoas é preso em Assis Brasil pela Polícia Federal

Imigração e Fiscalização Alfandegária (ICE), Investigações de Segurança Interna (HSI) auxilia a Polícia Federal do Brasil na captura de um cidadão egípcio-libanês duplo pelo contrabando de nove cidadãos iemenitas. A Polícia Federal do Brasil recebeu uma denúncia anônima sobre o paradeiro de Hussein Mohamed Sobbih Fatouh e um grupo de nove cidadãos iemenitas na cidade de Assis Brasil, Acre, em 11 de outubro de 2020. O ICE HSI verificou as identidades e as rotas de viagem anteriores dos Cidadãos iemenitas que, exceto um, foram previamente encontrados e inscritos no Programa de Alerta de Migração Transnacional de Identificação Biométrica ICE (BITMAP) no Panamá, Colômbia, Equador e Peru.

“A prisão de Sobbih Fatouh é uma grande vitória”, disse o adido do ICE para o Brasil e a Bolívia, Robert Fuentes. “Não apenas o contrabandista humano foi apreendido, mas fomos capazes de identificar nove estrangeiros de interesse especial que são uma ameaça potencial à nossa segurança nacional. Agradecemos aos nossos parceiros brasileiros por sua forte parceria no combate às organizações criminosas transnacionais. A ICE HSI está comprometida em interromper as redes de contrabando de pessoas que minam nosso sistema de imigração e colocam inúmeras pessoas em risco ao fazê-lo.”

Os esforços de investigação colaborativa da HSI Brasil com a Polícia Federal do Brasil revelaram que Sobbih Fatouh, residente no Brasil, tem viajado frequentemente entre o Brasil e o Peru e faz parte de uma Organização de Contrabando Humano de Estrangeiros de Interesse Especial (SIA) maior que opera no Brasil e além. A Polícia Federal do Brasil e a HSI Brasil continuarão investigando e esgotando todas as pistas para o prosseguimento da investigação criminal binacional.

Esta é uma investigação conjunta do Governo do Brasil-ICE com apoio significativo do Programa de Alerta de Migração Transnacional de Identificação ICE (BITMAP) e da Interpol Brasília.

O Programa de Alerta de Migração Transnacional de Identificação Biométrica ICE (BITMAP) é uma iniciativa que preenche bancos de dados biométricos com dados coletados de estrangeiros de interesse especial, criminosos violentos, fugitivos e terroristas confirmados ou suspeitos encontrados em caminhos ilícitos. Esses dados ajudam a HSI a formar imagens estratégicas das tendências, redes e indivíduos conectados a esses caminhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *