Publicado em 13 de fevereiro de 2013

Empresários traçam expectativas de mercado para 2013*

Com o objetivo de traçar as expectativas de negócios e respectivas atividades para o decorrer do primeiro semestre de 2013, a Fecomércio
através do Instituto de Pesquisas Empresariais do Acre – Ifepac. A pesquisa foi realizada entre os períodos de 07 a 11 de janeiro junto a 218
empresários.

O estudo conclui que 80% dos empresários avaliam o ano de 2012, como bom (43%) ou razoável (37%) para os negócios. Apenas 9% consideram 2012 um ano de condições excelentes para os seus negócios e 12%, como um ano ruim. Por fim, o comparativo entre 2011 e 2012 foi avaliado para 66% dos empresários, o ano de 2012 foi ruim para os negócios, enquanto 33% afirmam o contrário. Apenas 1% não expressa posição a respeito.

*As expectativas para 2013*

Conforme análise dos dados levantados, 82% dos empresários do varejo apostam no crescimento das vendas neste primeiro semestre de 2013, aspecto que abre boa perspectiva para o mercado de consumo como um todo. Outros 17% se mostram indiferentes, ao primeiro semestre e 1% desacreditam totalmente quanto às perspectivas favoráveis para o referido período.

Para os empresários com opinião positiva, os aspectos que devem contribuir na melhoria do mercado são pontuais, com destaque de 26% que apostam em melhora da economia do país e redução do custo da tarifa de energia elétrica, para 25% deles. Para os empresários com opinião negativa, 31% apostam que nada vai mudar na economia do país e o custo de vida vai continuar aumentando em velocidade maior que
os níveis de renda e salários da economia.

Dentre as providências para grande parcela dos empresários com vistas ao alcance das vendas esperadas para o primeiro semestre de 2013, o preço se apresenta como o principal meio para o resultado esperado para 28% dos entrevistados, seguido da manutenção do estoque atualizado, para outros 21%.

(Assessoria)

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)