Frutas e verduras peruanas continuam a chegar ao Acre

frutas peruTomate, uva e verduras fazem parte do carregamento que chegou do Peru a Rio Branco neste domingo, 13. São 108 toneladas prontamente descarregadas em depósitos da Central de Abastecimento e Comercialização de Rio Branco (Ceasa) e que seguem na segunda-feira para o mercado acreano.

Esta carga traz também uma boa notícia para a economia. “O preço ficou 10% mais barato que no Brasil”, afirma o empresário Matheus Bruzasco. Com a entrada ao estado pela BR-364 prejudicada pela cheia do Rio Madeira, o comércio com o país vizinho se intensificou. “Temos um acompanhamento mais próximo do governo nessa importação, esse apoio ajudou muito. A expectativa é continuar esse comércio”, finaliza.

Em 21 de março a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou o transporte de mercadorias oriundas do Peru, pelo prazo de 90 dias, a fim de evitar o desabastecimento do Acre. Desde então já são mais de 2.200 toneladas comercializadas do país vizinho.

Não só produtos da cesta básica fazem parte das negociações. Segundo Victor Hugo Rondón, representante do Ministério de Comercio Exterior e Turismo do Peru, cimento, combustível, aços e outros produtos estão chegando ao Acre. “A integração teve que ser intensificada pela situação crítica que estava o estado, agora estamos colhendo frutos daquilo que sonhamos um dia”, afirma Victor, com a expectativa que a fronteira fique sempre de portas abertas.

Agência de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *