Governador agradece trabalho coletivo durante a crise no Acre causada pela cheia em Rondônia

Uma grande conquista nunca depende de um só indivíduo. A força do trabalho coletivo é que produz resultados marcantes e capazes de ficar na história.

Neste momento em que a Região Norte e, em particular, o Acre, ainda vive as consequências de sua maior tragédia ambiental, provocada pela cheia histórica do Rio Madeira, em Rondônia, o Governo do Estado do Acre trabalhou e trabalha em diversas alternativas para que a população acreana não seja tão afetada pelos efeitos provocados por esse evento da natureza.
Foram muitos esforços realizados e a tarefa não acabou. Entre tantos parceiros, destaco a sensibilidade, a solidariedade e o compromisso do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit), na pessoa do superintendente regional Fabiano Martins Cunha, da Polícia Rodoviária Federal, representada pelo superintendente Alvarez de Souza Simões e o inspetor João Bosco Ribeiro, que atuaram incansavelmente ao lado de homens do Corpo de Bombeiros do Acre e do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre), para que o tráfego na BR-364 fosse mantido.

O trabalho feito na estrada durante esse período tão crítico foi de fundamental importância para o abastecimento do Acre e reconexão terrestre com o resto do país.
Expresso, aqui, minha gratidão a esses bravos companheiros e suas equipes, pela dedicação e lealdade ao bem-estar da coletividade.

 

 

Tião Viana

Governador do Estado do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *