Governo Define Normas Para Retorno Gradual do Atendimento na OCA

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), elaborou um conjunto de normas que devem ser adotadas durante a abertura gradual dos atendimentos presenciais da Central de Serviço Público (OCA) de Rio Branco e Xapuri.

O retorno ao pleno funcionamento das atividades presenciais, na OCA, ocorrerá por etapas, em observância aos níveis de classificação de risco previstos no Pacto Acre sem Covid, instituído pelo decreto nº 6.206, de 22 de junho de 2020. No período do Nível de Atenção retoma-se o funcionamento da OCA, mediante agendamento de horário definido previamente e com funcionamento de, no máximo, 30% de sua capacidade de atendimento presencial. No Nível de Cuidado, o funcionamento da OCA permanecerá mediante agendamento de horário definido previamente e com funcionamento de, no máximo, 50% de sua capacidade de atendimento presencial.

Entre as ações que foram colocadas em prática, estão a demarcação no chão com indicações de distanciamento na fila de entrada, que se estenderá até a calçada do prédio, a disposição das cadeiras nas áreas de espera com espaçamento de dois metros, a intensificação da limpeza do prédio, a disponibilização de álcool gel nas recepções para higienização das mãos e maçanetas. Todos os usuários que forem entrar na OCA terão a temperatura corporal aferida. Antes da pandemia as 21 entidades que prestavam serviços na OCA faziam em média 6 mil atendimentos por dia. Mas agora, nem todas as entidades voltam para prestar serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *