Governo vai construir sede do (GEFRON), no trevo de senador Guiomard

O Secretário de segurança afirma que criação do (GEFRON), inibiu os crimes transfronteiriços nas regiões do alto acre e Juruá. O grupo é composto por policiais civis, militares, corpo de bombeiros e agora está inserindo policiais penais.

Criado em agosto de 2.019 com um efetivo de 72 membros das forças de segurança do estado, o grupamento especializado de fronteira (GEFRON), surgiu para suprir uma demanda que a princípio é de responsabilidade da união, mas em decorrência da escassez de efetivo e de logística houve a necessidade de o executivo intervir e chamar para si essa responsabilidade. No entanto, a proposta ganhou força após um crime no município de Brasiléia.

Fora o tráfico de entorpecentes, o (GEFRON), atua no combate ao furto de gado, crimes ambientais, descaminho, captura de foragidos da justiça e roubo de veículo, que era bem intenso principalmente em rio branco, 100% dos carros roubados na capital tinham a Bolívia como destino, agora esse tipo de delito caiu cerca de 90%.

Outro fator importante nesse processo foram as parcerias firmadas com as policias dos estados de Rondônia, amazonas e polícia nacional boliviana, existe um intercâmbio entre as instituições na troca de informações que tem feito toda diferença na prisão dos criminosos.

A secretaria de segurança está em fase final de conclusão do projeto para a construção da sede do (GEFRON), o local é estratégico será no trevo de Senador Guiomard.

Reportagem: Ronaldo Guerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *