Instituto SENAI vai montar laboratório para formar profissionais para atuar na instalação de energia solar.

A energia solar é um negócio em expansão no acre, mesmo com esse período de pandemia os consumidores estão optando em produzir sua energia com uma economia de 95% em relação ao sistema tradicional 

A produção da energia solar é um negócio que vem enchendo os olhos de boa parte dos consumidores por uma série de fatores, além de ser um ótimo investimento, é uma necessidade para o planeta, fora isso, o consumidor será reconhecido por adotado uma tecnologia pioneira.

As vantagens são inúmeras:  economia imediata, livre de aumento de tarifa, valorização do imóvel e imune a ruídos e emissão de gases poluentes, no acre, existem atualmente 300 sistemas montados, são 20 empresas atuando no mercado em 2017 eram apenas 3.

De acordo com o engenheiro eletricista, edlailson Pimentel, do instituto SENAI, os preços dos equipamentos para montar um sistema gerador caíram mais de 90% nos últimos dez anos, os bancos públicos e privados estão disponibilizando 70 linhas de crédito para a aquisição dos materiais. São quatro anos para quitar o financiamento, enquanto que o par que gera energia por 25 anos.

Com formação em energia solar fotovoltaica, edlailson Pimentel, é quem está liderando o projeto do instituto SENAI, de montar um laboratório para formar profissionais para atuarem nessa área no estado, hoje quém quer atuar tem que viajar para fora do estado para se qualificar.

Esses parques podem ser montados para fornecer energia para os setores industrial, rural e residencial, a proposta de energia alternativa vai de vento e popa no país.

Reportagem/ Ronaldo Guerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *