Justiça Eleitoral Quer Participação das Mulheres em Todas as áreas, inclusive na Política.

A justiça eleitoral quer uma sociedade realmente democrática que inclua a participação das mulheres em todas as áreas, inclusive na política. Por isso, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre vai realizar uma série de eventos através das redes sociais, com a participação das mulheres de todas as camadas da sociedade.

Nos últimos anos, o Brasil vivenciou uma progressão no debate público em torno das questões femininas. Temas como assédio, aborto, maternidade e carreira vem sendo discutidos amplamente na sociedade e ganhando espaço no cenário político. A luta pelo direito das mulheres vem progredindo não só no Brasil, mas em todo o mundo.

Alguns avanços já foram conquistados nas últimas décadas, como o direito ao voto e o direito de serem eleitas. Porém, no que tange a representatividade das mulheres na política, esse debate ainda se encontra muito distante do desejado. Para este ano, o Tribunal Superior Eleitoral estabeleceu metas, para estimular a igualdade de gênero, e uma das metas é o ingresso da mulher na política.

 No Acre, a juíza Mirla Regina, diretora da escola judiciária eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral vai proporcionar uma série de debates e entrevistas sobre o assunto. A população terá acesso ao conteúdo através das redes sociais do T.R.E. A primeira convidada será a mestre pela UNB, advogada Lúcia Ribeiro, com o tema participação da mulher na política.

Reportagem/ Demóstenes Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *