Militante histórico do PT no Acre, Carlos Rêgo morre em decorrência da Covid-19

Morreu nas primeiras horas desta sexta-feira, 12, o servidor público e militante histórico do Partido dos Trabalhadores, Carlos Rêgo, aos 48 anos, vítima de Covid-19. Ele estava internado desde a semana passada em Brasiléia e foi transferido para Rio Branco, onde faleceu.

“Bode”, como era mais conhecido, foi entubado, Carlos esperou durante alguns dias por uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Rio Branco. Ele foi transferido para a capital pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O PT divulgou uma nota de pesar lamentando a morte de seu militante. “A sua morte, provocada pelo coronavírus, nos pegou de surpresa. Pois, mesmo sabendo que ele estava em UTI, nunca deixamos de acreditar que ele venceria a luta contra o vírus. Carlos, um companheiro e militante histórico do PT, verdadeiro e coerente com suas ideias, sempre lutou na linha de frente em todas as batalhas que o partido travou nos últimos 30 anos”, diz trecho da nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *