Mudança de endereço e pandemia reduzem atendimentos do CECON

Um mês após a mudança de endereço, a direção do CECON afirma que até o final da semana que vem as usuárias da unidade estarão contando com todos os serviços ofertados 

Há três semanas o CECON saiu do centro da cidade para funcionar ao lado do Lacen, desde então, a unidade vem atendendo com restrições, já que nem todos os serviços estão sendo ofertados, por enquanto estão sendo disponibilizados apenas mastologia e dermatologia.

Semana que vem inicia ginecologia, em virtude do período pandêmico o centro oncológico do estado está operando com 30% de sua capacidade obedecendo os protocolos e orientações das autoridades sanitárias.

A pandemia do novo coronavirus estagnou o cronograma que havia sido elaborado pela secretaria estadual de saúde para 2020, antes, em média, eram realizadas cerca de 100 consultas por dia atualmente são 30.

Uma pesquisa do instituto nacional do câncer e do ministério da saúde atesta que o tipo mais mortífero é o da mama.

A gerente do CECON ressalta que várias mulheres procuram a o centro oncológico em busca de consultas ambulatoriais Carina Hechenberger, lembra que a primeira consulta deve ser agendada pela unidade básica de saúde essas unidades são a porta de entrada para o sistema público.

Reportagem/ Ronaldo Guerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *