Órgãos discutem estratégias de segurança para a região do Abunã

Representes dos órgãos que compõem o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) se reuniram na tarde desta segunda-feira, 24, para definir estratégias seguras para o desembarque de combustíveis, bens de consumo e de garantia de segurança dos condutores que circulam pelas áreas interditadas da BR-364 em razão da cheia do Rio Madeira.

A reunião envolveu representantes do órgãos que compõem o sistema de segurança (Foto: Luciano Pontes/Secom)

A reunião envolveu representantes dos órgãos que compõem o sistema de segurança (Foto: Luciano Pontes/Secom)

A reunião foi realizada na sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e contou com a presença do comandante da Polícia Militar, coronel José dos Reis Anastácio, do representante da Polícia Rodoviária Federal, Neles Nilton, e da titular do Detran, Sawana Carvalho. A superintendência da PRF e o comando da Polícia Militar do Acre já têm autorização do governo rondoniense para atuar no estado vizinho.

O secretário de Segurança, Reni Graebner, lembrou que o momento é de somar esforços para minimizar os impactos causados pela cheia do Rio Madeira. Ele ressaltou que o Acre atua como parceiro do governo de Rondônia, seguindo um cronograma de ações integradas “O nosso objetivo é organizar um patrulhamento constante naquela região para garantir a segurança de todos. Vamos representar as instituições de segurança do Acre e prestar todo apoio necessário nesse momento”, disse Graebner.

Equipes dos órgãos envolvidos serão enviadas aos locais de desembarque e travessia nos próximos dias. A Polícia Militar deve manter o patrulhamento na região de maneira ininterrupta.

Agência de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *