“Pico está chegando e governo nenhum consegue atender todos ao mesmo tempo”, diz Gladson ao defender o isolamento social

O governador Gladson Cameli  (Progressistas) endureceu o discurso em favor do isolamento social no Acre. “Estamos chegando ao pico da pandemia. O número de casos tem crescido de modo alarmante. Mesmo com todos os esforços a situação preocupa”, disse ele esta em pronunciamento distribuído nas redes sociais, relembrando tudo o que o governo do estado vem fazendo contra a Covid-19.

“Nada disso vai funcionar se as pessoas continuarem ignorando os riscos e não usarem as máscaras”, alertou. Para ele, por mais que os “heróis” da saúde se esforcem, a capacidade de atendimento tem limites. “Essa é uma luta que não se vence sozinho”, lembrou o governador.

“Se você pegar coronavírus sua família também pode ser infectada. Governo nenhum no mundo consegue atender a todos ao mesmo. É assim no Acre, em São Paulo, no Rio de Janeiro”, afirmou convocando os acreanos a seguirem as regras mantendo-se em isolamento social.

IMPOTENTE

Na noite da última sexta-feira, 8, Gladson havia feito um desabafo, pelo celular, a amigo próximo que buscava uma palavra de conforto para superar a perda de um ente querido, vítima da Covid-19.

“De que adianta ter poder se dou impotente diante da força do Coronavírus? Tem hora que tenho vontade de gritar, de correr e abraçar meus pais, daí caio na realidade que abraçar não pode; então choro escondido pra ninguém ver, porque preciso ser forte, parecer forte e rezo para que tudo passe logo… Meu Deus, tenha piedade de nós”.

Ao comentar o fato, Gladson disse que “vendo o sofrimento de tantas pessoas e dos golpes desferidos pelo vírus, tem certeza de que poder e dinheiro não compram vida”. Deu este exemplo ao condenar os que teimam em desafiar as determinações das autoridades para ficar em casa, e quebram o isolamento social. “O problema é que quem desrespeita as determinações da OMS coloca em risco a sua vida e de outras pessoas. Mas não pensam assim. Aí todos são prejudicados. E eu não tenho medo de dizer que vai continuar assim, vai faltar saúde para os que forem contaminados, porque desrespeitaram as normas”.

Fonte/Ac24horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *