Polícia Civil deflagra Operação ULLER e prende dois em Recife

Vídeo: Reprodução

A Polícia Civil do Estado do Acre, com apoio da Polícia Civil do Estado do Pernambuco e do Ministério da Justiça, através do programa VIGIA, prendeu em Recife, os foragidos da justiça acreana Ariclene Firminiano da Silva e José Valdenes Viana da Silva.
Investigadores da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), com apoio da Departamento de Inteligência e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE), cumpriram um mandado de busca e apreensão nesta madrugada, em Recife, logrando êxito em prender a dupla que havia fugido do presido em 19 de janeiro do corrente ano, com outros 24 presos.
De acordo com o delegado Pedro Paulo Buzolin, responsável pelo inquérito, os foragidos são considerados extremamente perigosos. Em agosto de 2010, Ariclene assassinou durante um roubo a empresária Janete Pinheiro, logo após subtrair a bolsa da vítima e sem que esta esboçasse qualquer reação. O outro foragido, José Valdenes matou o sargento da polícia militar do Acre, Marcos Roberto Araújo do Nascimento, no dia 30 de dezembro de 2014, também durante um roubo.
Durante o cumprimento do mandado os investigadores descobriram ainda que a dupla estava fazendo uso de documentos falsos para se esquivar das ações policiais, dando ensejo a prisão em flagrante. Dos 26 presos que fugiram, apenas 2 ainda não foram recapturados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *