Polícia prende suspeito de amarrar e roubar taxista

adalcimar e joão pauloPoliciais civis da Delegacia Antiassalto, localizaram na tarde de quinta-feira (20), no Conjunto Universitário e acionaram a Polícia Militar para prender João Paulo Lopes de Matos, 20, que no dia 31 de janeiro deste ano, à noite, assaltou e depois amarrou um taxista nas imediações da Vila Custódio Freire. O comparsa dele identificado por Adalcimar Aquino da Silva, 23, está com a prisão preventiva decretada pelo crime, mas se encontra foragido.

As prisões expedidas pela Justiça é resultado de uma detalhada investigação da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil – DAPC. De acordo com o delegado Alcino Ferreira Júnior, responsável pelo inquérito que apura o assalto, o crime está esclarecido. “Uma pessoa se encontra presa preventivamente e Adalcimar Aquino da Silva (segundo envolvido) encontra-se foragido”, observa.

Segundo o delegado Alcino Ferreira Júnior, titular da DAPC, responsável pelas investigações, os acusados foram reconhecidos por testemunhas e pela vítima através de fotos. No caso de João Paulo o reconhecimento individualizado, também foi procedido e confirmando se tratar do assaltante que amarrou o taxista.

O delegado explicou que no dia do crime os dois suspeitos abordaram a vítima nas proximidades do terminal urbano da capital e, solicitaram uma corrida até as imediações da Vila Custódio Freire, pagando adiantado. No endereço apontado pela dupla, o taxista teve uma arma apontada para cabeça, recebendo voz de assalto, em ato continuo.  

Depois de dominado, João Paulo e seu cúmplice Adalcimar Aquino rasgaram a camisa da vítima e transformaram-na em corda, usada para amarrá-la num terreno baldio. Após o ato cruel os suspeitos saíram no táxi, mas acabaram capotando o carro que foi abandonado, depois do acidente, pelos criminosos. “A população pode colaborar com a polícia na captura de Adalcimar Aquino da Silva, ligando para o telefone 181, a garantia do sigilo é absoluta”, frisou o delegado.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *