Policlínica Barral Y Barral: obras avançam mesmo com o rigor do inverno

imageQuem passa pelas Ruas São Lázaro, Edmundo Pinto e Avenida Ceará, no Conjunto Tangará (Bairro Estação Experimental) percebe que as obras da Policlínica Barral Y Barral avançaram muito nos últimos meses, mesmo sob o rigoroso inverno que tantos transtornos causam à cidade de Rio Branco.

As obras, cujo valor passa de R$5 milhões, estão dentro do cronograma –aliás, nesta segunda-feira, 16, alcançaram 42% de tudo o que precisa ser feito. De fato, quem passa por aquela região vê uma edificação grandiosa, de três andares, que a cada semana vai ganhando o formato de uma grande e diferenciada unidade de saúde.

Quando pronta, fará a cobertura em saúde da família ampliar-se em percentuais que variam de 62% a 85%. A fase atual é de conclusão da superestrutura (pilares, vigas do 4º andar, trabalho em alvenaria, chapisco, reboco). Em média, a empreiteira responsável mantém cerca de 35 trabalhadores na obra.

A Policlínica Barral Y Barral terá ambientes e serviços como recepção, farmácia, escovódromo, sala de coleta, laboratório, sala do educador, sala de nutricionista, recursos humanos, coordenação, administração, sala de imunização, neonatal, sala de nebulização, sala de vigilância epidemiológica, copa, depósito de material de limpeza, almoxarifado, sanitários masculino, feminino e para pessoas com deficiência; sanitários para funcionários, sala de medicação e observação, sala de suturas e curativos, expurgo, esterilização e distribuição, consultório de pediatria, consultórios de clínica médica, dois consultórios de enfermagem, consultório ginecológico, consultórios odontológicos com várias cadeiras, sala de raimageio-x odontológico, um consultório de psicologia, consultório de fonoaudiologia, sala CTA e auditório.

O projeto arquitetônico desta policlínica foi elaborado em consonância com as normas do Ministério da Saúde. A edificação dispõe, além de três pavimentos, de um subsolo. No estacionamento com 32 vagas para automóveis, terá demarcação exclusiva para pessoa com deficiência e idoso, 12 vagas para motocicletas, bicicletário, abrigo de resíduos, arquivo morto, jardim, e dois elevadores.

A obra sofreu nos últimos dias com a alagação porque vários dos operários foram vítimas da cheia ou serviram de voluntários na remoção e acolhimento das famílias cujas residências ficaram debaixo d´água. Assim, a previsão de inauguração é para o próximo mês de setembro.

Policlínica será referência para toda a cidade e zona rural

Essa unidade será referência não apenas para os moradores da cidade, mas também para a população rural. A Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) prevê que milhares de pessoas recorrerão a ela todos os meses em busca de consultas, exames, tratamento. A policlínica Barral Y Barral contará com todas as ações básicas de saúde, incluindo uma sala de observação e consultório de oftalmologia. A obra inclui a adequação e criação de mais salas e ambulatórios, climatização de todos os espaços internos e outras intervenções que não existiam na unidade antiga, na Estação Experimental.

Obra é resultado de grande parceria com o governador Tião Viana e a Presidenta Dilma Rousseff

A construção do novo Barral Y Barral é resultado da parceria com os governos federal e estadual que ampliou e fortaleceu a política de descentralização de recursos e gestão na saúde. Sua proposta arquitetônica prevê um edifício de três pavimentos visando ampliar os espaços para consultas médicas, salas de exame –e aí a Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) luta para incluir os exames de imagem – e hall de espera climatizado. Será uma unidade com capacidade para atender pelo menos 600 pessoas todos os dias. O próprio prefeito Marcus Alexandre previu que o Barral será a maior unidade de atenção primária em saúde do município.

O projeto agregou tecnologias que garantem a qualidade da obra, como as fundações, que foram construídas em estacas escavadas circulares com nove metros. “Apesar das dificuldades, da chuva e da alagação, avançamos bem. A obra não pode parar”, disse Jair Zumba, gerente da Logus Arquitetura, responsável pela obra.
Da Assessoria
Fotos: Assis Lima/Asscom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *