Ponte sobre o Riozinho do Andirá continua pegando fogo e produtores rurais temem pelo isolamento

Aponte sobre o Riozinho do Andirá no projeto Tocantins, município de Porto Acre continua pegando fogo. Na semana passada uma comitiva do Deracre e da prefeitura de Porto Acre visitou o local, para saber que providencia tomar. Até agora nada foi resolvido e a comunidade teme ficar no isolamento total.

Esta castanheira, árvore típica da Amazônia é o cartão postal, para chegarmos ao descaso proporcionado pelo governo do estado e a prefeitura de Porto Acre a dezenas de famílias de fazendeiros e produtores rurais. O descaso que estamos falando é a ponte sobre o riozinho do Andirá, localizada no quilometro 14 do ramal dos paulistas, na vila do Incra região de Porte Acre. A última reforma foi há quatro anos, graças aos próprios produtores que forneceram a madeira e a mão de obra. O produtor Josué de Araújo foi um deles, que trabalhou na reforma da ponte.

Para agravar ainda mais o problema, atearam fogo, que já consumiu e continua queimando a madeira. Um desvio foi construído ao lado, para dá passagem aos caminhões, automóveis, motocicletas e pedestres. Mas com aproximação do período invernoso, basta algumas chuvas, para toda estrutura ficar em baixo d’água, daí o prejuízo para fazendeiros e produtores será inevitável.

Se a ponte será ou não construída, isso não se sabe, mas os produtores dos projetos Tocantins e Bandeirantes estão preocupados com o isolamento no período do inverno.

Reportagem/ Demóstenes Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *