Publicado em 4 de setembro de 2013

Prefeito cassado de Senador Guiomard diz que sentença de juiz foi precipitada

Cercado por ex-secretários e correligionários, o prefeito cassado de Senador Guiomard, James Gomes (PSDB), começou a entrevista coletiva colocando em xeque a conduta do juiz Afonso Brana Muniz, titular da 8ª zona eleitoral.

O juiz se embasou no depoimento de um eleitor que tem problemas com dependência química e sofre de distúrbio mental para proferir a sentença. Em relato ao magistrado, o homem afirmou que havia recebido dinheiro e uma roçadeira pra votar no então candidato.

James disse que a perda de seu mandato foi uma articulação da frente popular, que não aceitou a derrota nas urnas e recorreu ao tapetão. James disse que foi eleito com 6.191 votos. Colocou quase mil votos na frente do 2º colocado apoiado pelo governo.

Ressaltou que Pedro Mendes, prefeito empossado, que é do PSDB, se vendeu pra oposição em troca  migalhas. Mendes rebate as acusações afirmando que passou a fazer oposição ao então prefeito por não concordar com os rumos que a administração estava tomando.

O prefeito cassado está convicto que volta ao cargo, tendo em vista que essa situação está provocando um prejuízo incalculável à cidade.

(Ronaldo Guerra)

 

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)