Presos do Chapão planejavam fuga em massa no domingo e Iapen suspende visitas

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) voltou a suspender por mais 15 dias as visitas íntimas e familiares aos presos nesta sexta-feira, 14, antes do mesmo do retorno das visitas. Isso porque os policiais penais descobriram durante inspeção geral na Unidade de Regime Fechado nº 01 de Rio Branco, conhecida como Chapão, que os detentos estavam planejando uma fuga em massa, possivelmente para acontecer no próximo domingo, 16, quando estava marcado o retorno das visitas.

Por meio de nota pública, o presidente do Iapen, Arlenilson Cunha disse que “o procedimento se deu como fruto de investigação da equipe de segurança da unidade, pelo qual foi identificado que o plano de fuga seria concretizado no domingo, 16, durante o retorno da visita familiar”.

Durante revista, foram identificadas celas danificadas, escadas artesanais, cordas artesanais do tipo “tereza” e objetos cortantes. “Desta forma, a equipe gestora do Iapen deliberou sobre a necessidade de preservar vidas e evitar que familiares não sejam utilizados como escudos em uma possível rebelião, primando ainda pela segurança geral da unidade e manutenção da ordem e disciplina”, explicou Cunha, salientando que a visita de familiares pode ser suspensa diante de ato motivado do diretor do estabelecimento.

Estão suspensas as visitas na Unidade de Regime Fechado nº 01 de Rio Branco (pavilhões G, H, I, J, K e L) “com foco no restabelecimento do padrão mínimo de segurança”.

Nota Pública

 Da Redação  14/08/2020 – 18h08min

O Governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), vem a público informar que:

1. Durante a manhã desta sexta-feira, 14, foi realizado um procedimento de inspeção geral na Unidade de Regime Fechado nº 01 de Rio Branco, também conhecida como Chapão, onde foi constatado e frustrado um plano de fuga em massa.

2. O procedimento se deu como fruto de investigação da equipe de segurança da unidade, pelo qual foi identificado que o plano de fuga seria concretizado no domingo, 16, durante o retorno da visita familiar.

3. Ao longo da revista, os policiais penais de plantão encontraram celas danificadas, juntamente com escadas artesanais, cordas artesanais do tipo “tereza” e objetos cortantes.

4. Desta forma, a equipe gestora do Iapen deliberou sobre a necessidade de preservar vidas e evitar que familiares não sejam utilizados como escudos em uma possível rebelião, primando ainda pela segurança geral da unidade e manutenção da ordem e disciplina.

5. Assim, considerando o Parágrafo Único do artigo 41 da Lei 7.210/1984, que preconiza que o direito de visita do cônjuge, companheira, parentes e amigos poderá ser suspenso ou restringido mediante ato motivado do diretor do estabelecimento, a equipe decidiu que ficam suspensas por 15 dias as visitas íntimas e  de familiares na Unidade de Regime Fechado nº 01 de Rio Branco (pavilhões G, H, I, J, K e L) com foco no restabelecimento do padrão mínimo de segurança.

Rio Branco – Acre, 14 de agosto de 2020

Arlenilson Cunha
Presidente do Iapen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *