Projeto do shopping popular é apresentado aos vereadores

O presidente da comissão de transparência do shopping popular apresenta aos vereadores modelo de gestão do empreendimento, a câmara deve votar na semana que vem a lei que rege como o equipamento deve operar a partir da sua inauguração.

Fotos/ Alexandre Martins

A apresentação do projeto aos vereadores aconteceu na praça de alimentação do shopping popular já que a câmara deve votar as mudanças na lei que rege o equipamento público  na semana que vem, são reformulações  propostas pelos próprios camelôs que vão dar vasão aos pontos polêmicos, é que o projeto original enviado pela prefeitura ao legislativo tirava alguns direitos da categoria assegurados em lei sanada essa parte a matéria agora segue  para votação em plenário.

Fotos/ Alexandre Martins

Por conta de agenda a prefeita Socorro Néri não compareceu, o shopping vai dispor de 502 espaços, sem contar as salas onde serão instaladas farmácia, banco, lanchonete, casa lotérica, cafeteria entre outros. são as ângoras que constam dentro desse contexto, porém, 97% serão destinados aos micro empreendedores. o foco é social na geração de emprego, renda e levando cidadania aos mais necessitados, o presidente do sindicato dos camelôs, José Carlos Juruna, afirma que na reunião com a comissão da transparência foram aparadas todas as arestas.

Fotos/ Alexandre Martins

Essa obra que teve início em 2.014 na gestão de Marcus Alexandre, está com 91% concluída e já consumiu quase r$ 23 milhões de reais vai revolucionar a área central de rio branco.

Na solenidade foram apresentadas aos parlamentares da capital modelo de gestão, identidade visual e como a categoria deixará de ser camelô e passará a ser legista não muda só a nomenclatura, o formato de venda também.

Reportagem/ Ronaldo Guerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *