Publicado em 7 de março de 2013

RBTrans vai intensificar ações no Terminal Urbano para inibir vandalismo

Desde 2.007 que a Prefeitura de Rio Branco tenta inibir  o  vandalismo de alunos no interior do Terminal Urbano. Com a integração do sistema de transportes públicos, tendo o espaço como tripé das rotas urbanas, a área passou a ser frequentada por alunos de escolas de todas as regiões da cidade.

Desde então, os problemas começaram a surgir. A princípio o local era ponto de paquera, a exemplo do que aconteceu no passado com a Praça da Revolução. Depois, com a infiltração de bandidos nas escolas públicas o espaço passou a ter outra finalidade, como por exemplo, prática de pequenos furtos e ponto para a venda de drogas.

A presença da Polícia Militar inibiu, mas não acabou as práticas criminosas no entorno do terminal. Eles transformaram os pontos de desembarque em embarque, sem que nenhuma medida tenha sido tomada para inibir tal prática que prejudica quem está esperando o coletivo na plataforma certa. O superintendente da RBTrans, Ricardo Torres, disse que alternativas estão sendo estudadas para amenizar o drama dos usuários de ônibus.

Estudos do Sindcol estimam que pelo Terminal Urbano passam diariamente cerca de 30 mil pessoas por dia. Isso equivale a mais de 40% da população economicamente ativa da capital.

 

 

(Ronaldo Guerra)

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)