SAMU completa 16 salvando vidas no Acre

O SAMU completa 16 anos de bons serviços prestados a comunidade acreana. Os profissionais enfrentam sol e chuva todos os dias para salvar vidas. Em algumas vezes, esses profissionais são as próprias vítimas.

Sirene e giroflex ligados, esse é o sinal que alguém está em perigo precisando de atendimento médico urgente. No trânsito, as ambulâncias do SAMU correm contra o tempo, para salvar vidas. Essa missão começa na central de regulação das urgências, dez pessoas trabalham 24 horas por dia, são 5 médicos e atendentes. Uma equipe engajada e experiente que conduz o atendimento desde o tocar do telefone até a chegada do paciente ao hospital. São cerca de 3,5 ligações atendidas mensalmente. O SAMU, que integra a estrutura da Secretaria de Estado de Saúde, recebeu 32.078 chamadas de janeiro a agosto.

Na última segunda-feira, O SAMU completou 16 anos de bons serviços prestados ao povo acreano. O coordenador da equipe médico Pedro Pascoal, disse que, os profissionais do SAMU veem exercendo um excelente trabalho na missão de salvar vidas. Disse também, que o serviço vem melhorando cada vez mais no amparo e suporte aos pacientes. O SAMU conta com 30 ambulâncias, sendo três de suporte avançado em operação em todo o estado, e que possibilitou, no último ano, o atendimento de 42.491 ocorrências.

Desde o início da pandemia, as chamadas no SAMU tiveram um salto de mais de 60%. Em janeiro deste ano foram atendidos cerca de 3,3 mil pacientes, sendo que, em maio, o número subiu para 5,5 mil. Há 6 anos trabalhando e um ano e meio na coordenação do SAMU, o médico Pedro Pascoal fez várias mudanças, para melhorar ainda mais o atendimento à população.

Em visita de agradecimento, o governador Gladson Cameli anunciou a chegada de 20 novas ambulâncias, sendo que dez ficará à disposição do Serviço Móvel de Urgência. Além disso, Cameli fez questão de ouvir as reivindicações dos servidores. Depois de mais um atendimento, o cumprimento e o abraço desses dois servidores com alegria estampada no rosto, significa que o dever foi cumprido, mais uma vida salva, pelos profissionais do SAMU.

Reportagem/ Demóstenes Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *