Segundo membro mais importante do CV no Acre é preso no Tocantins

A parceria entre a Polícia Civil de Cruzeiro do Sul e a Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, resultou nesse sábado, 11, na localização e prisão de Francisco Altevir da Silva, o ” Tati “, atualmente atendendo pele apelido de ‘Mordomo’. Segundo o delegado Alexnaldo Batista, ele é o segundo homem mais importante na hierarquia do Comando Vermelho na região. Ele foi preso a 40 quilômetros de Palmas, capital do Tocantins e transferindo pra Rio Branco, de onde havia fugido.

Mordomo é condenado por vários crimes, incluindo um latrocínio. Segundo o delegado, a investigação apurou que durante o tempo em que esteve foragido do sistema penitenciário acreano, ele foi elevado ao cargo de conselheiro. Autorizava crimes de homicídios, dava ordens também no tráfico de drogas e armas. Altevir já havia sido identificado como o principal mentor de ameaças a agentes de segurança e magistrados.

O delegado diz que a integração com agências e forças de segurança em âmbito nacional e a prisão confirmam a qualidade e o elevado nível da Polícia Civil do Acre. ” Esta é com certeza uma das principais investigações com êxito positivo dos últimos tempos, devido o quão nocivo é pra sociedade ter em liberdade pessoa de tal periculosidade”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *