Publicado em 29 de agosto de 2013

TCE condena ex-gestor da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiram reprovar a prestação de contas da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour, referente a 2009, pela falta de documentos, durante a sessão realizada na manhã desta quinta-feira (29).

Segundo o relatório, o ex-gestor da Fundação, Daniel Queiroz de Sant’Ana, deixou de declarar R$ 6.126,89 na relação de bens móveis, além de ter deixado de apresentar extratos bancários de R$ 43.823.90.

Com a falta de comprovação, os conselheiros decidiram determinar que Daniel Queiroz de Sant’Ana devolva todos os recursos que somados chegam a R$ 49.950,79. Ele ainda deverá pagar uma multa de 10% sobre o montante a ser restituído que é de R$ 4.995,07.

O ex-gestor ainda poderá recorrer da decisão.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)