Temporal Desta Segunda-Feira Derruba árvores, Danifica Galpão e Rede Elétrica.

A chuva e o vento forte da última segunda-feira, causou prejuízos incalculáveis em vários pontos de Rio Branco. Uma mangueira caiu sobre a rede elétrica no ramal do areal. A força do vento levou a baixo o galpão do helicóptero do governo do estado, no aeroporto de Rio Branco.

Ao menos até o fim deste mês de setembro, podem ocorrer chuvas acompanhadas de trovoadas e ventos intensos em Rio Branco. É o que alerta pesquisadores que acompanham o monitoramento de eventos dessa natureza junto a Secretaria de Meio Ambiente do Acre. O comportamento de tempestade é típico nos meses de maio e setembro, segundo os especialistas.

Isso porque é justamente quando, o período da seca e da chuva se confrontam. Agosto, setembro e outubro são os três meses do ano em que as temperaturas máximas que acontecem à tarde são as maiores do ano. Então, até outubro vamos ter tardes muito quentes porque é característica também do nosso período. Esse vídeo gravado pela equipe da secretaria de justiça e segurança pública mostra que o vendaval desta segunda-feira, destruiu parte da cobertura e estrutura do galpão do centro integrado de operações aéreas da secretaria de justiça e segurança pública, no aeroporto de Rio Branco. 

No ramal do areal, região do segundo distrito da capital acreana, a força do vento arrancou pela raiz, essa mangueira centenária, quebrando dois postes e destruindo a rede elétrica de alta tensão. O pessoal do corpo de bombeiros e da Energisa foi chamado, para desobstruir a via. Quem se arrisca a caminhar próximo aos fios de alta tensão, corre risco mesmo com a rede desligada. Paulão da saúde, vice-presidente da associação de moradores, disse que a queda da árvore aconteceu por volta de 5:30 da tarde de segunda-feira, desde então toda a comunidade ficou sem energia elétrica.

Esse outro morador, reclama que paga caro pela energia e o serviço prestado pela Energisa, não corresponde o valor pago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *