Publicado em 27 de fevereiro de 2013

Ampliação da jornada escolar é uma das propostas para melhorar o ensino médio

Acordar um pouco mais cedo, e chegar em casa um pouco mais tarde não agradou muito os estudantes acreanos, que iniciaram o ano letivo na segunda-feira (25). Entretanto, a ampliação da jornada escolar é por uma boa causa, conforme explicou o secretário Estadual de Educação e Esporte, Daniel Zen.

“A ideia com a proposta de introdução de disciplina como componentes curriculares integradores é que a gente possa fazer a tão sonhada interdisciplinaridade, a transversalidade entre as diferentes disciplinas. Que a gente consiga com essa 5ª hora reforçar a carga horária de língua portuguesa e matemática. E também da um grande passo no nosso objetivo, no nosso grande sonho que é a educação de tempo integral, com jornada dupla, mas que infelizmente, não é possível ser feita da noite para o dia”, disse Daniel Zen.

O secretário informou ainda, durante coletiva de imprensa na manhã de ontem, que analisando experiência de outros Estados, o melhor caminho para se chegar a uma educação de tempo integral, com uma jornada mínima de sete horas, é a introdução da 5ª hora, em principio no 3º ano do ensino médio, e a cada ano implantando para outras séries.

Entre os objetivos da ampliação do horário em sala de aula, a Secretaria de Educação visa expandir o universo cultural dos alunos, despertando o interesse pela leitura, trabalhando os conteúdos críticos para atender as necessidades de aprendizagem dos estudantes.

Para isso serão oferecidas oficinas de estudo em todas as disciplinas.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)