Intervenções na redes de água e esgoto podem ser acionadas via 0800 e Whatsapp

and_9883-300x300Com o objetivo de tornar as orientações e soluções de serviços mais dinâmicas ao consumidor, o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) disponibiliza gratuitamente o contato 0800 721 1314.

Notificações de emergências, como intervenções na rede de esgoto, relatos de falta de água, denúncia de desperdício, além de atividades administrativas podem  ser solicitadas pelo telefone.

“O uso deste serviço é muito simples. Ao ligar, o consumidor deve informar endereço completo, algum ponto de referência e o número de contato do solicitante ou liderança comunitária, para os pedidos urgentes. Já no caso de algo relacionado ao valor da tarifa, ter a conta em mão acelera a coleta de dados e o atendimento”, destaca o diretor-técnico do Depasa, Anderson Mariano.

O gestor informa que a autarquia também trabalha com o número de contato 3028-8080, porém, a linha será desativada. Ele orienta que qualquer demanda seja direcionada para o serviço gratuito, que desde sua implementação, em julho deste ano, recebe uma média mensal de 400 chamadas.

“O atendimento feito pelo call center é realizado no período de 7 a 18 horas. Por meio dele temos o controle do fluxo de ligações e encaminhamos as ordens de trabalho para cada setor”, esclarece.

Ronaldo Souza, morador do Loteamento Céu Azul, em Rio Branco, foi um dos consumidores que utilizou o canal de comunicação gratuito do Depasa para relatar um vazamento de água.

“Fiquei sabendo deste contato pela internet, então liguei para a central de atendimento e posteriormente uma equipe veio ao local realizar os consertos. Ter meios como esses facilita para os moradores ficarem atentos quanto ao desperdício e denunciar”, disse.

Atualmente é possível entrar em contato com a autarquia de várias maneiras: pelo aplicativo Whatsapp, por meio do 99238-0101, na página do Facebook do Depasa, dirigindo à sede da autarquia, que fica na Rua Franco Ribeiro, 77, Centro, atrás do Colégio Estadual Barão do Rio Branco (CEBRB), ou na Organização de Centrais de Atendimento (OCA), Praça Vermelha.

 

Agência de Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *