Publicado em 22 de abril de 2013

Prefeito busca recursos em Brasília para a construção de doze novas unidades de saúde

O objetivo do prefeito Marcus Alexandre, na audiência que teve com o ministro da Saúde Alexandre Padilha, nesta terça feira em Brasília, foi conseguir recursos para construir doze novas Unidades Básicas de Saúde e reformar as que já existem na capital. Outro projeto entregue ao ministro, na audiência que contou com a presença dos senadores Jorge Viana e Aníbal Diniz, foi o de unidades móveis para atendimento odontológico.

O prefeito cita como modelo das que serão construídas, as Unidades Básicas de Saúde inauguradas este mês nos bairros Tancredo Neves e Laélia Alcântara, que têm toda a estrutura adequada para o atendimento médico odontológico e a arquitetura leva em conta a acessibilidade dos usuários. “Queremos que todas as unidades funcionem em prédios próprios que serão construídos obedecendo a padrões técnicos adequados”, explicou o prefeito ao ministro.

Cada UBS tem o custo aproximado de R$ 600 mil. O secretário adjunto de Saúde de Rio Branco, Oteniel Almeida, que também participou da audiência em Brasília, relata que o ministério da saúde está com edital aberto para a inscrição de projetos e acredita que grande parte dos recursos será liberada para a construção das UBSs.

Já o Consultório Odontológico Móvel, será utilizado para atendimentos nos bairros mais distantes e comunidades urbanas e rurais de Rio Branco. O consultório móvel vai reforçar o funcionamento do que já existe na secretaria Municipal de Saúde.

Atendimento psicossocial
A atenção a dependentes químicos e com necessidades psicossociais foi outro tema tratado entre o prefeito Marcus Alexandre e o ministro Alexandre Padilha. O prefeito entregou ao ministro, projeto para a construção da primeira Unidade de Acolhimento Feminino para dependentes de álcool e outras drogas e de mais um CAPS – Centro de Atendimento Psicossocial, que deverá ser erguida ao lado do centro feminino. “A ideia é que uma dê suporte a outra”, explica o prefeito.
Elogios
O ministro Alexandre Padilha parabenizou as secretarias de Saúde do Acre e de Rio Branco pela redução dos indicadores da dengue e da taxa de mortalidade infantil e também ressaltou a importância da abertura das URAPS aos sábados bem como a preocupação com os dependentes químicos. “Estados que estão fazendo o dever de casa na redução de índices de mortalidade e que investem na recuperação de dependentes terão todo o apoio do governo federal”, assegurou Padilha.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)