Caçador que matou onça, revela morte de outro animal perigoso que cruzou seu caminho

Diz o conhecimento popular que “um dia é da caça e o outro do caçador”. Um caçador morador na zona rural de Manoel Urbano tem mesmo muito registros de suas andanças pela floresta, em seu celular.

Depois de me mostrar uma onça pintada que matou a tiros, a nossa fonte de informação mostrou outra coisinha em seus arquivos: trata-se da foto de uma serpente da espécie pico de jaca, considerada uma das mais perigosas da Amazônia.

De acordo com o mesmo, a cobra foi morta depois que investiu contra sua perna, que só não lhe atingiu porque estava usando uma calça jeans grande e a picada acertou apenas o tecido da calça. Ao perceber a investida, o caçador decidiu matá-la.

“Aqui onde moro é assim, ou é a caça ou é o caçador, ainda bem que ate agora tenho me livrado da morte”, comemora o homem que não quer se identificar.

Reportagem de Aldejane Pinto.

(4 fotos)

Foto de Aldejane Queiroz.
Foto de Aldejane Queiroz.
Foto de Aldejane Queiroz.
Foto de Aldejane Queiroz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *