Publicado em 20 de fevereiro de 2014

Nível do rio Iaco ultrapassa os 17 metros: 208 famílias já saíram de suas casas

rio acre 2014 1A situação no município de Sena Madureira continua preocupante em razão da cheia do rio Iaco. Em medição recente, realizada por volta de 18 horas, a Defesa Civil Municipal confirmou mais um aumento no volume das águas. Atualmente o nível está em 17,10 metros, excedendo em 1 metro e 89 centímetros a cota de transbordamento.

Com isso, aumentou o número de famílias que tiveram que deixar suas casas. Já são 208 famílias que estão se socorrendo em casas de parentes e também nos abrigos públicos. No boletim geral divulgado agora a pouco, o Corpo de Bombeiros informou que a enchente deste ano já afetou 864 moradores de diversos bairros.
Equipes da Prefeitura, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e voluntários continuam atuando no atendimento aos moradores no sentido de realizar as mudanças. O telefone para qualquer tipo de emergência pertinente a alagação é o 193. “Muito preocupante a situação atual. Só temos que pedir a Deus para que as águas comecem a baixar”, comentou Carlos Dávila, coordenador da Defesa Civil.

rio acre 2014 - 1Locais mais afetados: Praia do Amarilio, Ruas Siqueira Campos, Piauí e Benjamim Constant, parte do bairro São Felipe, Cafezal, Bom Sucesso, Segundo Distrito e Vitória.

ZONA RURAL

Os efeitos da enchente não limitam-se apenas à zona urbana. No interior do município, alguns produtores também começam a sofrer prejuízos. Foi o que constatou uma equipe da Secretaria Municipal de Produção e SEAPROF durante vistoria em localidades da zona rural.

Plantações de macaxeira, banana, cana-de-açúcar, verduras e outros produtos estão sendo cobertas pelas águas.

O nível atual (17,10 metros) é o maior deste ano. Em 2012, quando a cidade também foi atingida pela cheia, o nível chegou aos 18 metros.

Edinaldo Gomes Gomes

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)