Acabou em fatalidade uma tentativa de assalto ao hospital de Senador Guiomard

Madrugada do dia 10 de novembro deste ano, o hospital Ari Rodrigues em Senador Guiomard é invadido pelo o ex-presidiário Natanael Santos da Silva, de 26 anos.

Armado com uma pistola de brinquedo, o criminoso rende o vigilante é rouba um revólver 38. Na madrugada desta segunda-feira, quinze dias depois, do primeiro assalto, Natan – como é conhecido retornou ao hospital.

Com a mesma arma de brinquedo em punho, ele entrou pela porta e no balcão rendeu o porteiro José Ribamar Oliveira Santos, de 42 anos. Quando o vigilante de plantão se aproximou, o ex-presidiário deu uma gravata e encostou a arma de brinquedo na cabeça do funcionário público.

José Ribamar foi feito de escudo pelo criminoso. O vigilante efetuou quatro disparos. Dois atingiram o porteiro José Ribamar que caiu ao lado de um balcão. Natanael também foi atingido, mas mesmo ferido conseguiu fugir.

Na manhã desta segunda-feira, o vigilante foi ouvido na delegacia de Senador Guiomard e confirmou que efetuou os disparos. No assalto ocorrido no dia 10, José Ribamar também estava de plantão.

Ele foi a principal testemunha de acusação do caso, e ainda chegou a ser ameaçado pelo ex-presidiário. Na manhã desta segunda-feira, os funcionários do hospital amanheceram de luto com a trágica notícia.

José Ribamar era funcionário de Secretaria de Saúde a mais de 20 anos. Ele deixou a mulher e três filhos. Na tarde desta segunda-feira, Policiais militares conseguiram prender Natanael Santos.

Na delegacia ele também confirmou que os disparos foram efetuados pelo vigilante.

(Ecimáiro Carvalho)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *