Após apreensão de CNH falsa, polícia investiga quadrilha com ramificação em outros Estado

Uma simples blitz de rotina ocorrida na semana passada na cidade de Epitaciolândia, expôs um sério problema que pode estar ocorrendo em todo o estado do Acre envolvendo falsários de Rondônia, com ramificação em outros estado do Brasil.

Durante a blitz, pararam um veículo onde foi constatado que o mesmo estava com seus devidos documentos vencidos e para surpresa dos agentes de trânsito que atuam na fronteira, algo mais estaria de errado em relação à Carteira Nacional de Habilitação – CNH.

Segundo o agente, todos passaram por treinamento para que fossem aptos a descobrir possíveis irregularidades nas CNH’s. Descobriram que a carteira de Marcildo Alves Arruda, teria sido grosseiramente apagada com os dados anteriores e reimpressos de novo.

Segundo foi dito, possivelmente pode ter sido usado líquido de acetona para apagar os dados anteriores. Outros pontos levantados, seria a data da validade a partir da primeira habilitação no ano de 2000 com validade até 2017, mas, no Brasil o prazo é de apenas cinco anos.

Outro dado grosseiramente visto, seria a impressão no número de registro, que são 11 dígitos, já na falsificada, foram impressos 15. Dá ainda para ver, que existem sombras dos dados anteriores mal apagados, inclusive a existente por trás da foto.

Segundo foi dito pelos agentes, o infrator teria pago cerca de R$ 400 reais pela habilitação na cidade de Rio Branco, capital do Acre. Marcildo foi conduzido para a delegacia de Epitaciolândia onde seria ouvido pelo delegado Sérgio Lopes, titular da mesma e seu crime seria afiançável e responderá em liberdade.

Foi apurado também que, existe uma quadrilha onde pode estar envolvido, além de falsários, algumas autoescolas na Capital do Acre e Rondônia. O Fato em si, mostra que existe uma fragilidade em alguns setores competentes, onde já foi denunciado anteriormente, mas não foram descobertos os envolvidos e somente alguns, foram presos.

CNH apreendida, mas se tem registro de outras cidades do Alto Acre - Foto/montagem: Alexandre Lima

Por Alexandre Lima – O Alto Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *