Em 10 dias, forças da Segurança apreendem quase 400 quilos de drogas

Graças ao novo formato de integração das forças de segurança pública do Acre, no período do dia 25 de julho a 4 de agosto foram apreendidos mais de 350 quilos de drogas no estado, tanto na capital quanto no interior.

“Esse resultado é fruto de um trabalho integrado das forças de segurança do Acre, bem como da inteligência, que vem realizando investigações pontuais e eficazes. É uma quantidade significativa de apreensão de drogas em um curto espaço de tempo, o que demonstra o compromisso do Estado em tornar o Acre um lugar cada vez mais refratário às práticas criminosas”, destacou o secretário de Segurança, coronel Paulo Cézar Santos.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Josemar Moreira, o êxito é fruto de um um trabalho integrado e bem articulado pelas forças no âmbito estadual e federal, coordenado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública.

Desde setembro do ano passado, foi implantado no estado o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), formado por integrantes das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros. O grupo atua diretamente nas regiões de fronteira com Peru e Bolívia, com ações terrestres e fluviais de fiscalização e combate ao tráfico de drogas na região.

“O bom resultado surgiu da união de forças por meio do Gefron. Mas o enfrentamento precisa ser contínuo e devemos fortalecer nossas instituições para que ações como essa sejam constantes”, analisou Josemar Moreira.

De acordo com o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIF), coronel PM Sousa Filho, o Gefron tem se destacado cada vez mais em sua atuação nas fronteiras, com inúmeras apreensões de drogas, armas e veículos roubados. O grupo tem dificultado a rota do tráfico e apoia delegacias do interior em situações em que haja necessidade. “Várias rotas utilizadas para o tráfico já foram sufocadas”, relatou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *