Família boliviana é assaltada na AC 40

A viagem de férias se transformou em uma tragédia. O boliviano Franklin Tuco Vera conduzia um carro modelo strada. Ele estava acompanhado da esposa Berta Cachata  e os pais vindo para Rio Branco.

A vítima conta que a dupla de assaltantes seguia a família e chegaram a acenar pedindo para que parrasse o carro. Franklin diminuiu a velocidade e foi nesse momento que um dos bandidos atirou no pneu do carro e em uma das portas chegando a quebrar o vidro.

Quando o carro parrou os bandidos se aproximaram e pediram a quantia em dinheiro que a família trazia, cerca de R$ 10 mil, que seria gasto nas férias.

Um dos bandidos puxou a bolsa que estava com um idoso no banco de trás do veiculo. A bolsa enganchou no banco do veiculo e o bandido pensou que o idoso não queria entregar a bolsa e acabou atirando nas pernas do idoso, na lombar e na cabeça.

Dois tiros atingiram de raspão a cabeça e o tornozelo da idosa. Os assaltantes fugiram levando todo o dinheiro. Os pais de Franklin feridos, foram levados ao  Pronto  Socorro de Senador Guiomard por uma pessoa que passava pela estrada e prestou socorro.

O pai da vítima morreu quando chegava ao hospital, a  idosa recebeu os primeiro atendimentos e foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco e passa bem.

Na delegacia de flagrante Franklin Tuco Vera estava abalado e esperava pela liberação do corpo do pai. O boliviano que é advogado e comerciante, tem duas lojas, uma em Plácido de Castro  e outra em Cobija.

A família tem certeza que alguém passou as informações da quantia em dinheiro que eles levavam. A polícia de Senador Guiomard, Plácido de Castro e Capixaba estavam empenhados nas buscas pelos bandidos, mas ninguém foi preso.

 

Simone Oliveira – Redação TV5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *