Mais um homicídio é registrado na capital

Nas últimas duas semanas o movimento foi intenso no IML. Nos dez primeiros dias de abril sete homicídios foram registrados no Instituto Médico Legal. O assassinato do ex-interno da pousada do menor Iurisney Jesus Lima da Silva, de 18 anos, foi o mais recente.

O jovem foi executado a tiros na tarde da última quinta-feira no Bairro Montanhês. O autor do crime, um adolescente de 15 anos, também ex-interno, foi apreendido pela a PM.

A violência nos primeiros meses de 2014 é considerada assustadora. Até a data desta sexta-feira, dia 11, sessenta e sete assassinados foram registrados em todo o estado.

Enquanto no mesmo período de 2011 foram 27. Ou seja, em quatro anos o número de mortes por assassinato, cresceu mais de 150%. Os dados revelaram a crescente onde de violência.

Em 2012 foram 27 homicídios, aumentou para 50, no ano passado para 56 e agora chegou a 67 em três meses e onze dias. Além do grande número de assassinatos neste ano, o que também chama atenção é que a maioria foi execução.

Aqui em Rio Branco o Bairro Taquari é o mais violento. Foram sete mortes em menos de três semanas.

Ecimáiro Carvalho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *