“Messi” é executado na frente de apartamentos, no bairro Santa Inês

O líder da facção do Bonde dos 13, Willian Lopes da Silva, de 26 anos, mais conhecido no mundo do crime por “Messi”, foi ferido a tiros na tarde desta segunda-feira, 18, na frente de um quarteirão localizado na rua José Luís, no bairro Santa Inês, região do segundo distrito de Rio Branco. Ele morreu dentro de seu apartamento.

Foto: Luan Rodrigo

De acordo com informações da polícia, Wilian estava na frente de casa quando dois homens não identificados chegaram a pé e efetuaram vários tiros na direção da vítima. Ele foi ferido com três tiros no peito. Mesmo ferido, “Messi” ainda conseguiu correr até ao seu apartamento e caiu. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

Moradores acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram ao local Wilian já estava sem vida.

Policiais Militares do 2° Batalhão isolaram a área para os trabalhos do perito em criminalística, em seguida, após colher as características dos autores do crime, fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia acredita que o crime foi motivado pela guerra entre facções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *