Mulher é flagrada por agente entrando com droga no pavilhão (D)

Geliane da Silva Rocha, 21 anos, conseguiu entrar no presídio com dois tabletes de maconha entre os seios.  O que chama a atenção, é que antes de ter acesso ao pavilhão (D), a jovem passou pela guarnição e pelo skaner corporal, equipamento sofisticado,  adquirido pelo governo para evitar a entrada de ilícitos no presídio. Um agente penitenciário observou o nervosíssimo da moça e a encaminhou para que a mesma fosse revistada novamente, na segunda revista, o entorpecente foi detectado.

Além dos dois tabletes de maconha, a mulher portava quatro papelotes menores e R$ 40 reais. Segundo o Presidente da Associação dos Agentes Penitenciários, esse tipo de situação é bastante comum em dias de visita. O olhar clínico dos profissionais que trabalham no interior dos pavilhões tem evitado a entrada de droga, celulares, bebidas alcoólicas e armas.

Na quinta- feira (18) da semana passada o Iapen conseguiu concluir a instalação dos bloqueadores de celulares. O aparelho  está  funcionando  em fase experimental. As autoridades da área da segurança, acreditam que a medida vai inibir que bandidos presos continuem comandando crimes aqui fora.

 

Ronaldo Guerra – Redação TV5

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *