PF/AC desarticula organização criminosa que atuava de dentro dos presídios acreanos

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (03) a “Operação Leviatã”, destinada a desarticular Organização Criminosa que atuava dentro e fora dos presídios acreanos.

Ao total foram cumpridos mais de 40 mandados, dentre os quais 11 prisões preventivas, 15 buscas e apreensões e 03 conduções coercitivas. A investigação conduzida pela PF é da Vara Criminal de Brasiléia/AC.

Foram cumpridas buscas dentro dos presídios Francisco de Oliveira Conde e Amaro Cavalcante. A PF contou com o apoio do BOPE e do IAPEN.

O nome da Operação é inspirado na obra prima do Cientista Político Thomas Hobbes de mesmo título (O Leviatã). De acordo com o livro, os homens seriam desiguais em suas forças e capacidades, cabendo ao Estado manter a igualdade entre eles por meio de sua soberania. O nome buscou demonstrar uma resposta estatal às Organizações Criminosas que vem atuando no Estado.

A Organização Criminosa IFARA, desarticulada na data de hoje, funcionava como uma ramificação do Primeiro Comando da Capital (PCC) e era voltada ao tráfico de drogas, tráfico de armas (inclusive, fuzis, metralhadoras e granadas), assim como roubos e sequestros na capital e no interior.

A investigação foi conduzida pela Delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia e teve inicio há mais de 6 (seis) meses com a prisão por tráfico de uma das transportadoras de cocaína do bando.

As investigações até o momento revelam que o bando movimentava altas quantias de valores, inclusive com o sustento direto do PCC, que teria enviado mais de 1.5000,00 (um milhão e meio de reais) para a compra de armas destinadas ao Grupo.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *