Polícia ainda não tem pistas dos autores de dois homicídios que aconteceram na madrugada

Em cinco minutos, duas execuções. Ainda que as características sejam idênticas, a polícia descarta o envolvimento dos mesmos autores nos dois crimes. Até porque, o intervalo de tempo, entre as mortes, foi muito curto.

Marcos Alves de Souza, de 28 anos, que trafegava em uma motocicleta, foi o primeiro a ser executado. O motociclista, que estava com a esposa na garupa foi assassinado no bairro Adalberto Sena.

O crime aconteceu às 7 horas da noite de quarta-feira. Marcos Alves – foi atingido com vários tiros efetuados à queima roupa. Os assassinos fugiram numa motocicleta.

Segundo informações, a vítima vinha recebendo ameaça de morte. Marcos tinha passagem na polícia por posse de droga.

Enquanto resgatava o cadáver, o IML recebeu outro comunicado de assassinato. O segundo o homicídio na noite de quarta-feira aconteceu às 7h10, na rua Sargento Teixeira, bairro Eldorado.

Deusane de Souza Nogueira de 29 anos, que cumpria pena por homicídio, no regime semiaberto foi executado com dois disparos quando conversava com a esposa na porta de casa.

O Major Estephan, comandante do 5º Batalhão, disse que esse crime teve como motivação um acerto de contas. Ele comentou também, que há indícios, que o primeiro homicídio também envolva o tráfico de drogas.

De janeiro ao dia 23 deste mês, 22 homicídios foram registrados na área da 5º regional, que compreende 36 bairros, 12 residências e abrange uma densidade populacional superior a 70 mil habitantes. Segundo um levantamento da polícia, a maioria dos assassinatos está relacionada ao tráfico de drogas.

(Ecimáiro Carvalho)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *