Polícia Civil ganha reforço no interior

pc reforço 3Esta semana, em visita as regionais de polícia do Alto e Baixo Acre, o secretário de Polícia Civil, delegado Emylson Farias, entregou armas, coletes e viaturas para policiais de oito municípios. Na mesma ocasião foi apresentado à população de Senador Guiomard, Acrelândia, Plácido de Castro, Capixaba, Xapuri, Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil, novos agentes de polícia e escrivães que já estão atuando nos respectivos municípios.

A visita do delegado-geral contou, ainda, com as presenças do secretário de segurança pública Ildo Renir Graebner, Nilton César Boscaro, diretor de polícia da capital e do interior. Graebner articulou junto à Secretaria Nacional de Segurança Pública, que tornou incluso no programa Enafron, carros e armas para a região de fronteira do Estado.

“Vocês estão chegando ao momento em que estou quase saindo, porém diante de um processo seletivo técnico gabaritado, muito bom para a instituição, especialmente para a sociedade. Lembro, quando ingressei no serviço público, muito jovem, na época alguns colegas eram escolhidos por ser “briguentos” afiliado político de determinadas agremiações partidárias. Pedaço triste da nossa história”, destacou Messias Ribeiro, delegado de Assis Brasil, referindo-se aos novos policiais que chegaram a fronteira para compor sua equipe.

pc reforço 2Ele lembrou que a falta de preparo, naquela época, era o sinal claro do desrespeito para com a sociedade, bem como ao agente público. Messias citou uma ocorrência em que acompanhou, onde viu um colega perder o dedo da mão, por não saber como realizar a abordagem policial, decorrente da ausência de uma boa academia de polícia para o ingresso no quadro permanente da Polícia Civil. “Hoje o Estado oportuniza isso”, sublinhou.

A Secretaria de Estado da Polícia Civil há uma semana realizou, a formatura de 207 novos agentes e 12 novos escrivães, totalizando 219 novos policiais. A solenidade de formação foi no Teatro Plácido de Castro, com a presença de autoridades e familiares, ocasião em que os novos profissionais puderam citar seu juramento de comprometimento com a segurança pública do Acre.

Os 219 policiais formados foram aprovados em concurso público do Estado, no qual se inscreveram 20,5 mil pessoas. A formação dos novos policiais ocorreu no Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública e Justiça Francisco Mangabeira (CIEPS), de 15 de fevereiro a 30 de junho deste ano, num total de 1.200 horas-aula. Agora os agentes entram imediatamente em ação e serão distribuídos em todas as regionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *