Polícia Civil prende 17 e apreende dois quilos de cocaína na “Baixada”

Na manhã desta quinta-feira, 05, a Polícia Civil prendeu dezessete pessoas, em Rio Branco, por roubo, tráfico de drogas e homicídio. Quatro das quais em flagrante.

prisão pcAs prisões ocorreram durante a operação “Impactus III”, deflagrada nesta quinta-feira e contou com a participação de 150 homens das polícias Civil e Militar. Dezesseis delegados comandaram a ação da Delegacia Itinerante, com o apoio do helicóptero João Donato.

Foram cumpridos vinte e sete mandados de busca e prisão, na região da “Baixada do Sol” – Complexo Sobral –, dentro do “Plano de Ação Integrada pela Paz”, do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp).

O delegado Roberth Alencar, titular da Delegacia Itinerante, ressaltou a eficácia da ‘Operação Impactus’ na repressão qualificada e prevenção de crimes. Segundo ele, a atuação combina com as atividades da especializada, nos bairros, onde foram executadas as diligências, garantindo ao cidadão segurança efetiva e aproximando a sociedade da Polícia Civil.

A incursão da polícia teve início às 5 horas desta quinta, na área da 3ª Regional.  Em uma residência da Rua do Barro, bairro Ayrton Sena, a polícia prendeu Antônio Amorim, 36, o “Xeleleu”.

prisão pc 4Na casa do investigado a Polícia Civil apreendeu quase meio quilo de cocaína pura e dinheiro miúdo. O ‘impetuoso’ traficante acabou preso em flagrante e encaminhado à sede da 3ª Regional, para os procedimentos de praxe.

Já o diretor de polícia da capital e do interior, delegado Nilton Boscaro, disse que a partir das 8h de segunda-feira, 09, pelo prazo de uma semana, um ônibus do Sistema de Segurança estará na “Baixada”, onde atenderá a comunidade local com policiamento comunitário e da Delegacia Itinerante.

“Nas últimas três semanas o trabalho policial na operação “Impactuas” já apreendeu mais de 115 quilos de droga, apreendeu armas de fogo, prendeu 48 pessoas e cumpriu 60 mandados judiciais”, observou o secretário de polícia Emylson Farias.

Conforme o chefe de polícia, a ação consiste principalmente em garantir as forças de segurança do Estado mais próximas da comunidade. Farias lembrou que para poder fazer um trabalho de aproximação da população, delegados, agentes e escrivães de polícia, agentes do Detran e do Ciopaer, policiais militares, além de alunos da Polícia Civil tem se dedicado, com profissionalismo, possibilitando excelentes resultados.

prisão pc 2 prisão pc 3 prisão pc5 prisão pc6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *