Polícia Civil prende mais dois traficantes no Segundo Distrito

AndreNos últimos 30 dias pelo menos 11 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas foram presas pela Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE) da Polícia Civil, no Segundo Distrito de Rio Branco. Nesta terça-feira, 22, no “Beco da Morte”, bairro Triângulo, uma ação comandada pelo delegado Pedro Paulo Buzolin, capturou Cleudo da Silva Apurinã, 22, e seu parceiro de crime André Moura do Nascimento, de 26 anos.

ApurinãEm poder dos aludidos a polícia apreendeu cerca de 100 porções de basta à base de cocaína, pronta para consumo. Além do entorpecente, os policiai da DRE apreenderam aproximadamente R$ 150 em cédulas de valores diversos, que seriam oriundas da venda do produto ilícito. “A droga estava na posse de André Moura e o dinheiro com Cleudo Apurinã”, sublinhou Pedro Paulo.

A autoridade policial observou ainda que Apurinã e condenada a 12 anos de cadeia, por tráfico, resultado de uma investigação da DRE, originária de inquérito policial instaurado em 2013, razão pela qual ele estava com um mandado de prisão expedido pelo juiz da Vara de Delitos de Drogas e Acidente de Trânsito de Rio Branco.

“É bom não perder de vista o levantamento do Conselho Cidadão Para a Segurança Pública e Justiça Criminal do México, que analisou cidades com mais de 300 mil habitantes ao redor do mundo, entre as 50 mais violentas constam 15 cidades brasileiras. Nenhuma delas no Acre, o que demonstra a efetividade do trabalho das forças policiais”, destacou o delegado Pedro Paulo, sobrepondo que o combate ao tráfico de drogas tem impacto direto nos crimes contra a vida, inclusive nos casos de execuções, registrados na capital acreana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *