Polícia Civil prende quadrilha que comandava rede de tráfico de droga no Acre e no Amazonas

Policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE) prenderam na sexta-feira, 12, quatro pessoas acusadas de integrar uma quadrilha de traficantes que agia em Rio Branco (região do Calafate) e na cidade de Boca do Acre/AM. Os presos são: Quelisson Melo França, 32, “Zoi”, José Reginaldo Tavares Campos, 33, “Bebé”, (sentenciado por assalto) Kelvin Carvalho da Silva, 19, e Daniele Camilo Cavalcante, 33, a “Dani”, que segundo a polícia, era quem comandava o grupo criminoso.

Em poder dos acusados a equipe do delgado Pedro Paulo Buzolin (titular da DRE), apreendeu 5 quilos de droga, sendo parte cocaína em papelotes e maconha prensada, em barras. As primeiras prisões ocorreram na comunidade Baixa Verde, por volta de 13h30min, na BR-317, sentido Rio Branco/Bocado Acre. 

No local, estava Kelvin Carvalho e José Reginaldo. Eles seguiam para o município amazonense transportando a droga na parede de duas malas térmicas. A ideia dos criminosos era despistar a polícia, razão pela qual colocaram gelo e cerveja nos recipientes, mas a estratégia falhou e os dois acabaram presos em flagrante. 

Em ato continuo a policia procedeu a investigações e alcançou Quelisson de França e Daniele, esta última seria a líder da quadrilha de traficantes, segundo apurou o delegado Pedro Paulo. “Zoi” e “Dani” foram presos no bairro Wilson Ribeiro, onde tem imóveis e outros bens, alguns sob investigação, local de onde a mulher comandava a organização criminosa. 

LOGÍSTICA

A Polícia Civil investigando uma organização criminosa, dedicada ao tráfico de drogas no bairro Wilson Ribeiro, logrou êxito em tirar de circulação quatro pessoas, que em conluio, vendiam drogas na região do calafate. Entre as quais esta Daniele Camilo Cavalcante, que seria herdeira de uma “bocada” que era controlada por seu marido Antônio de Castro Menezes, o “Titina”, atualmente recluso no presídio do Estado, por homicídio e tráfico. 

“Quelisson e José Reginaldo eram responsáveis pela logística do tráfico de drogas”, destacou o delegado Pedro Paulo. A autoridade policial lembrou que a polícia fazia o monitoramento dos acusados, fato que possibilitou interceptar um carreamento de entorpecente, que tinha Boca do Acre/AM, como destino. 

Segundo a investigação da DRE, os criminosos, pretendiam vender a droga durante o festival de praia no município amazonense, que se encerra no fim de setembro. A polícia não só interceptou a droga como derrubou a quadrilha que atuava nos dois estados. O veículo Ford/Fiesta, preto, usado pela quadrilha também foi apreendido. KELVEN CARVALHO DA SILVA, 19 ANOS

DROGA ISOPOR2 DANIELE PAIVA DE ARAUJO, 33 ANOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *