Publicado em 7 de janeiro de 2013

Polícia Civil prende quatro por tráfico de drogas e 14 quilos de cocaína

Em Sena Madureira (145 quilômetros de Rio Branco), a Polícia Civil prendeu quatro pessoas suspeitas de tráfico de drogas. Em poder dos acusados, os investigadores apreenderam mais de 14 quilos de cocaína pura, dois carros; um Vectra e um Gol, além de R$ 735, em cédulas de R$ 10 e R$100.

 

As prisões seguidas de apreensão ocorreu na tarde de domingo, 6, durante a “Operação Reis Magros”, desencadeada no último final de semana. A abordagem se deu na barreira de fiscalização do Deracre, próximo ao município de Sena Madureira, sentido Manoel Urbano.

 

“Trata-se da maior apreensão de drogas dos últimos meses na regional Purus”, observou o delegado Antônio Alceste, que elaborou o flagrante. De acordo com a autoridade policial, além da repressão a polícia aplicou um “golpe” aproximado de meio milhão de Reais, aos traficantes.

 

Prisão – A partir de uma abordagem feita pela Polícia Civil ao paranaense Joel Pereira de Souza, 37, que trafegava pela BR-364, na companhia de Antônio Aglesson Souza Cruz, 18, morador de Cruzeiro do Sul, os policiais constataram que um dos envolvidos não portava documentos e tinha a posse de um rádio comunicador.

 

Segundo a polícia, era com esse equipamento de comunicação, que os suspeitos (batedores do tráfico) passavam informações à outros dois envolvidos que estavam em outro. Para o delegado a função de Joel era informar aos que transportavam o entorpecente da presença de policias na rodovia Federal.

 

Diante do fato, a Polícia Civil solicitou reforço da Polícia Militar e aplicaram o flagrante nos demais integrantes do bando de traficantes próximo ao antigo acampamento da empresa Camter. A polícia localizou a droga em duas mochilas, vigiadas por Edinaldo Gaspar de Souza, 24, e Marisson Silva Amaral, 23, ambos residentes em Cruzeiro do Sul.

 

Foragido – Na delegacia a polícia descobriu que Joel Pereira possui mandado de prisão em aberto, por tráfico de drogas, no Estado de Minas Gerais. O delegado Antônio Alceste indiciou todos por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

 

(Assessoria)

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)