Publicado em 28 de janeiro de 2013

Polícia do RS prende dono de boate e dois integrantes da banda

A polícia de Santa Maria efetuou na manhã desta segunda-feira as primeiras prisões de envolvidos na tragédia que matou mais de 230 pessoas em uma boate da cidade, no interior de Porto Alegre. Foram detidos um dos proprietários da casa, o vocalista do grupo que se apresentava no momento do incêndio e um funcionário responsável pela segurança do palco da banda.

Informações dão conta de que o vocalista da banda Gurizada Fandangueira foi detido enquanto acompanhava o velório do sanfoneiro do grupo, Danilo Jaques, morto na tragédia.

Os mandados de prisão contra os envolvidos na tragédia foram emitidos na madrugada desta segunda-feira pelo juiz Regis Adil Bertolin.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)