Publicado em 18 de janeiro de 2013

Polícia prende quadrilha que estava passando dinheiro falso na Capital

Policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar desarticularam na manhã desta sexta-feira, após alguns meses de investigação, uma quadrilha de tráfico de entorpecentes, que vinha passando dinheiro falso no comércio da capital. Cinco pessoas, três da mesma família, foram presas e encaminhadas à Delegacia de Flagrantes (Defla) da Polícia Civil para depoimentos.

Com o mentor da quadrilha, Tácio Neves Matos, de 29 anos, foram encontradas 22 notas de R$ 20 reais falsas, além de uma quantia alta em dinheiro, pedras de crack, câmera de vídeo, facas, cocaína, tijolo de maconha e apetrechos para produção ou preparo da droga. As prisões e apreensões aconteceram na casa do traficante Tácio, na rua Manoel Cezário, no bairro Capoeira.

“O chefe da quadrilha disse que comprou o dinheiro falso por R$ 100 reais, mas não sabe dizer quem estava vendendo. Sabemos que isso é mentira, pois quem mexe com dinheiro falso já tem alvo especifico. Mas vamos dar continuidade à investigação no sentido de localizar a pessoa que está fazendo e vendendo dinheiro falso na cidade”, destaca o agente da Polícia Civil, Aidonon Barros.

A polícia também apreendeu com o restante do bando drogas pronta para ser vendida, além de aparelhos celulares e outros objetos que podem estar relacionados ao tráfico de entorpecentes. Foram presos: Alexandre de Azevedo Costa, 32 anos; Everton Lima de Souza, 40 anos; Tácio Neves Matos, 29 anos, José Adonias Camelo Matos, 52 anos; Raone Neves Matos, 28 anos.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)