Publicado em 18 de fevereiro de 2013

Polícia prende traficante e mulheres usadas como “mulas do tráfico”

droga dre1Apesar da condenação por tráfico de droga e assalto, Manoel Moreira da Silva, de 31 anos, continuava a se “dar bem” com o oficio criminoso, e que ainda por cima passou a recrutar mulheres para o serviço. Entretanto, a casa voltou a cair para o traficante na manhã de domingo, 17, ao ser preso novamente.

Segundo a polícia, Aline Fernanda Oliveira de Souza, 19, (paulistana), Celiane Gomes de Oliveira, 19, (amazonense) e Ana Silva Cardoso Flores, 19, (sul-mato-grossense) saíram de Matogrosso do Sul, com destino a Rio Branco, trazendo na bagagem pouco mais de 33 quilos de droga, cada uma.

Aline Fernanda e Celine Gomes foram as primeiras a serem presas. Elas estavam em um ônibus, interceptado pela polícia, no posto Tucandeira, na BR-364 (115 quilômetros da capital). Já Ana Silva foi presa por homens da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE), na entrada da cidade, nas imediações de uma distribuidora de gás de cozinha.

Manoel Moreira, identificado como o proprietário da droga, foi preso em casa, no bairro Alto Alegre. Todas as prisões ocorreram no início da manhã do domingo. Em poder de Manoel, a polícia apreendeu uma moto Yamaha e a quantia de R$ 1,732, que segundo os investigadores seriam oriundos do comércio de entorpecente.

Apesar das condenações, Manoel Moreira da Silva estava em regime condicional, sendo monitorado por pulseira eletrônica. O trabalho bem sucedido da Polícia Civil é resultado de uma investigação da DRE, que na execução da ação contou com a participação da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Presos, os quatro acusados foram encaminhados juntamente com a droga para a sede da DRE, onde o delegado Karlesso Nespoli organizou o flagrante. As mulheres, “mulas do tráfico”, acabaram indiciadas pelo crime. Já Manoel Moreira foi indiciado por tráfico e associação.

“A investigação não encerrou. A Polícia Civil vai continuar trabalhando, compartilhando informações com a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, bem como com a Polícia Civil sul-mato-grossense. Nossa meta é alcançar também o traficante de lá, responsável pela remessa de droga para o Acre”, observou o Karlesso.

O delegado esclareceu ainda que as três jovens, ambas com 19 anos, todas tem companheiros presos por tráfico em presídios do Matogrosso. Sendo que, Aline Fernanda Oliveira de Souza e Celiane Gomes de Oliveira, possuem passagem pelo mesmo crime em seus estados de origem.

(Com informações da assessoria)

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)