Publicado em 22 de janeiro de 2013

Presidiário é morto por companheiro de cela afogado dentro de balde

Preso assassinado dentro de baldeOs agentes penitenciários se depararam com uma cena macabra em uma das celas do presídio Manoel Néri, em Cruzeiro do Sul, na noite de segunda-feira. O preso Manoel de Jesus Benevenuto, de 32 anos, foi encontrado já sem vida dentro de um balde coberto de água.

No momento do crime, três internos, incluindo a vítima estavam dentro da cela 13 do Pavilhão E. Apenas um, Roniely Morais de Araújo, 19 anos, confessou a autoria do crime. Mas a polícia vai investigar a participação dos demais, tendo em vista as circunstâncias do homicídio.

Benevenuto teve as mãos e os pés amarrados com uma corda feita de lençol, e depois foi colocado de cabeça para baixo, detalhe, ainda com vida, dentro de um balde cheio de água.

Roniely Moraes, que está preso por latrocínio, justificou o crime alegando que Manoel de Jesus estava incomodando os demais na cela. A vítima cumpria pena por furto qualificado.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)